Profissionais de eventos terão direito a auxílio emergencial no RS

Presidente da Agepes, Claudia Fattore de Matos, comentou a aprovação na AL da emenda que inclui o setor

Presidente da Associação Gaúcha de Empresas e Profissionais de Eventos (Agepes), Claudia Fattore de Matos - Vini Voguel

O setor de eventos foi um dos mais atingidos pela crise provocada pelo novo coronavírus. Por isso, no Rio Grande do Sul, representantes da área buscam alternativas para contribuir com os profissionais que estão precisando de ajuda. E uma destas colaborações virá por meio do auxílio emergencial. O segmento foi incluído, por meio de uma emenda, no Projeto de Lei 65/2021, o qual institui o auxílio emergencial de apoio à atividade econômica e de proteção social afetado pela Covid-19. O texto foi aprovado na última terça-feira, 6, e segue para sanção do governador Eduardo Leite.

Conforme a presidente da Associação Gaúcha de Empresas e Profissionais de Eventos (Agepes), Claudia Fattore de Matos, destacou ao Coletiva.net, esta aprovação foi uma conquista para o setor que desde o início da pandemia solicita reconhecimento junto aos governantes do Estado e do Brasil. 

Dentro de 30 dias o governador Eduardo Leite deve disponibilizar um aplicativo para que todos os profissionais e empresas se habilitem. Segundo Claudia, haverá alguns pré-requisitos para o profissional provar que é da área, mas, em breve, o valor deve ser disponibilizado. 

A representante sabe que isto não é o suficiente para quem ficou 12 meses parado, sem ter fluxo de caixa. "Claro que este auxílio não resolve o problema, são duas parcelas de R$ 1 mil para o empresariado e duas de R$ 400 para o trabalhador do segmento de eventos, mas já é um caminho", destacou.

Para tanto, a Agepes segue na batalha por outros benefícios. Entre eles, está em negociação, por parte da Assembleia e dos secretários estaduais, a disponibilização de verbas para empréstimos por meio do Banco BRDE. Há ainda ainda um projeto de lei federal (PL 971/2021), de proposição do deputado Jerônimo Goergen (Progressistas-RS), que institui linha de crédito emergencial para o setor de eventos, destinada ao financiamento de capital de giro, fomento de atividades e aquisição de equipamentos, e ao refinanciamento de operações de custeio e de investimento contratadas até 31 de dezembro de 2020.

Comments