Presidente de Portugal declara: "não devemos deixar ninguém para trás"

Marcelo Rebelo de Sousa encerrou terceira edição da Web Summit em Lisboa

Marcelo Rebelo de Sousa encerra mais uma Web Summir - Reprodução

Por Cleidi Pereira, de Lisboa, Portugal

Depois de quatro dias de programação, o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, encerrou a terceira edição da Web Summit em Lisboa, que seguirá sendo a casa da conferência por mais uma década. Bastante aplaudido, o líder político - que é conhecido como 'presidente dos afetos' - apelou à comunidade tecnológica: "Acabei de sair de uma reunião com refugiados: não podemos nos esquecer do resto da sociedade. Não devemos deixar ninguém para trás", disse ele, frisando que "a educação digital é uma questão importante".

No breve discurso, em inglês, Rebelo de Sousa destacou ainda que é preciso usar a revolução digital para o diálogo e para a paz, o que é bastante "difícil porque esta onda que está atravessando o mundo vai no sentido contrário". "Mas temos que lutar pelos princípios da liberdade e da paz. Esta é a mensagem que gostaria que levassem para o resto do mundo. Ajudem a criar um mundo melhor."

Considerada a maior conferência de empreendedorismo, tecnologia e inovação da Europa, a Web Summit nasceu em 2010, em Dublin, na Irlanda, e mudou-se em 2016 para Lisboa. Nesta edição, cerca de 70 mil pessoas de 159 países passaram pela Altice Arena e pela Feira Internacional de Lisboa, no Parque das Nações. Coletiva.net acompanhou o evento pelo segundo ano consecutivo, com apoio de BriviaDez e Grupo Bandeirantes.

Comments