Repórteres debatem barreiras das mulheres no esporte e no jornalismo esportivo

Kelly Costa, Natacha Gomes, Ohana Constante e Renata Medeiros, de GZH, falam logo mais, às 18h30, no Conexão UniRitter

Kelly Costa é uma das convidadas para o debate - Reprodução

A UniRitter, em parceria com GaúchaZH, reuniu um time de jornalistas para mais uma edição do Conexão UniRitter. Logo mais, às 18h30, as repórteres de GZH Kelly Costa, Natacha Gomes, Ohana Constante e Renata Medeiros falarão sobre as barreiras das mulheres no esporte e no jornalismo esportivo. O encontro é no Auditório Master do Campus Zona Sul da instituição de ensino.

O debate ocorre em pleno clima de Copa do Mundo de Futebol Feminino, que conta, pela primeira vez, com transmissão da TV Globo, e o torneio ocorre desde 1991. As jornalistas também falarão sobre o aumento da presença feminina nos estádios, os movimentos de torcidas organizadas compostas por mulheres, representatividade, campanhas como #DeixaElaTrabalhar e #JogaQueNemMulher, além de questões relacionadas a outros esportes.

Como jornalista na RBS TV, Kelly é a apresentadora titular de esporte no Bom Dia Rio Grande e repórter no Globo Esporte. Também apresenta o programa na ausência de Alice Bastos Neves. Junto a outras jornalistas no País, participa do movimento #DeixaElaTrabalhar, que luta contra o preconceito, assédio e o machismo sofrido no dia a dia da profissão. Natacha, por sua vez, tem experiência em produção e edição de conteúdo digital e trabalha em GaúchaZH como editora digital de esportes.

Ohana é repórter de esportes em Zero Hora e na rádio Gaúcha desde 2013. Além disso, integra o time do programa Saia de Redação. Por fim, Renata também é repórter na rádio Gaúcha e em GZH e tem experiência em coberturas de Copa do Mundo, Brasileirão e Libertadores.

O evento é gratuito e aberto ao público em geral. Ainda há lugares disponíveis, sujeito à lotação do auditório. 

Comments