A mais desmoralizada profissão

Por José Luiz Prévidi, para Coletiva.net

Todos os dias, fico sabendo de novas "ferramentas" para incrementar a comunicação entre as pessoas. O interessante é que desenvolvem técnicas mirabolantes e não lembro de ler ou ver os entendidos falando em qualidade. Isso, qualidade de texto, seja lá qual o veículo a ser utilizado.

Outro dia, bocejando, assisti a uma palestra de uma jovem professora que se dizia jornalista. A tese dela era impressionante: os digital influencers são a forma mais rápida de comunicação. Falou a mestra: "Jornalista é outra coisa, ele recebe seu salário no final do mês...". Concluí que ela devia ter uma mágoa grande dos seus colegas de "profissão".

Antes que terminasse a palestra fiquei, pela enésima vez, pensando no que se tornou a profissão que escolhi. Quem não é do meio não imagina o prazer que era entrar numa faculdade de Comunicação e concluir o curso. E o mais legal, ter na carteira de trabalho o registro de "jornalista profissional diplomado".

Infelizmente, hoje, qualquer periguete consegue um registro de jornalista e sai por aí dizendo que é "uma profissional". Outra: dá uma olhada na profissão daquelas gostosas do Instagram. A maioria, com bumbum empinado, é digital influencer.

Meu Deus, eu tive o sonho de ser jornalista e trabalhar com Jornalismo. Para começar a trabalhar era um sufoco, porque não existia estágio e o Sindicato dos Jornalistas fiscalizava e exigia o diploma da gurizada. Faz 40 anos que estou nessa e não sei fazer outra coisa - nem trocar uma lâmpada.

Li que ex-BBBs são repórteres do Vídeo Show.

UAUUU!!

Hoje, não consigo entender como uma gurizada cheia de gás disputa uma vaga num curso de Jornalismo. Muito menos consigo captar a necessidade de uma pós, a não ser para ser professor numa faculdade.

Se o velhinho aqui pudesse dar um conselho - "nãoooo!!!!" - diria para não perderem tempo numa faculdade de Jornalismo. Façam algo mais útil e estudem em casa para se tornarem jornalistas. Leiam muito, de tudo!

Pra encerrar: não me levem a sério.

José Luiz Prévidi é jornalista diplomado e blogueiro.

Comments