Nonada anuncia revista impressa que celebra o 'viver de cultura'

Publicação foi viabilizada por contemplação em edital da Lei Aldir Blanc

Rafael Gloria, fundador e editor do Nonada

Nativa digital, a iniciativa Nonada se expande para o meio impresso, após 10 anos de trabalho. Com foco no setor cultural, principalmente no Rio Grande do Sul, não poderia ser diferente a temática da publicação: 'viver de cultura'. A previsão é de que a distribuição ocorra em junho em Porto Alegre, Região Metropolitana da Capital e Pelotas, no Sul do Estado.

Ao Coletiva.net, o fundador do Nonada, Rafael Gloria, destacou que a revista será totalmente gratuita, possibilidade conquistada devido à contemplação em edital da Lei Aldir Blanc. O jornalista revelou que o projeto era um sonho antigo que se concretiza como uma celebração do trabalho: "A revista vem marcar essa trajetória de mais de 10 anos e se soma aos outros produtos e projetos".

A partir do tema escolhido, a publicação focará no trabalho dos artistas, também explorando o contexto da pandemia, o que Gloria observou como fundamental: "Uma revista impressa é um registro do seu tempo". Reportagens e artigos estão previstos para compor as páginas da publicação, que ainda contará com ilustrações de profissional que ainda está em processo de seleção.

O material ainda está em fase inicial, mas reúne grande expectativa."A gente vai fazer uma revista que, além de representar este momento, seja um modo de celebrar e trazer à tona a importância dos artistas e da cultura para a sociedade", projetou o idealizador, que defende a valorização da classe artística e cultural.

Gloria ficará responsável pela edição e organização da revista, cuidando dos processos de impressão. Além da ilustradora, ainda será selecionado um profissional para comandar o projeto gráfico. Na reportagem, estarão, além da editora do Nonada Thaís Seganfredo, Ester Caetano, Laura Galli e os colaboradores mais antigos Airan Albino, Daniel Sanes e Glauber Cruz. Serão articulistas: Desirée Pessoa (Teatro); Natasha Ferla (Cinema); e Ronald Augusto (Literatura).

Comments